Governo irá financiar centros de atenção a dependentes químicos pelo país

23/04/2013 19:14

Serviços com foco em tratamento para álcool e drogas 24 horas serão prioridade. Municípios precisam aderir para ter acesso a até R$ 1 milhão por unidade

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 23/04/2013, 18:07

Última atualização às 18:14

 
  

São Paulo – O Ministério da Saúde (MS) pretende repassar R$ 50 milhões para a construção de Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), especialmente os com serviço especializado em tratamento de dependentes em álcool e drogas, com atendimento 24 horas e as unidades de acolhimento.

O valor repassado para a construção de cada unidade pode variar entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão. O ministério acredita que será possível construir 100 unidades de acolhimento ou 65 CAPs, o que garantiria um acréscimo de 1,7 milhão atendimentos por ano e 1,2 mil novos leitos.

Para ter acesso ao recurso, as cidades interessadas precisam se adequar aos termos da Portaria 615, publicada na última semana, que estabelece, inclusive, padrões para a construção das edificações. É a primeira vez que a União irá repassar dinheiro para a construção desses serviço, que até então era de responsabilidade exclusiva dos municípios.

Os CAPs são estruturas fundamentais para o atendimento a pessoas com transtornos mentais e dependentes químicos. De responsabilidade dos municípios, o atendimento prioriza tratamento ambulatorial comacompanhamento clínico e reinserção social dos usuários que permanecem em suas comunidades, em vez de serem internados. Atualmente, existem 1.891 CAPs e 60 unidades de acolhimento em todo o país, segundo o MS.

Com a medida poderemos aumentar nossos serviços nas cidades que ainda não possuem os centros de atenção psicossocial e unidades de acolhimento. Estes equipamentos são fundamentais no atendimento de pacientes psiquiátricos e usuários de drogas, como o crack”, destacou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em nota divulgada pela assessoria de imprensa.

http://www.redebrasilatual.com.br/temas/saude/2013/04/ministerio-da-saude-ira-financiar-construcao-de-caps-pelo-pais